Mamoplastia de aumento, o que deve saber

A mamopalstia de aumento é uma das cirurgias estéticas mais realizadas na nossa clinica e o grande numero de cirurgias que realizamos diariamente devem-se a um cuidadoso planeamento do procedimento cirúrgico, a uma vasta experiência dos nossos cirurgiões e todos os cuidados que temos com quem nos procura para efectuar esta cirurgia, desde o primeiro contacto até ao acompanhamento diário e constante, até à decisão de a efectuar e depois da cirurgia realizada.

Vejamos os cuidados que deve ter em atenção, quer antes da cirurgia, quer no dia da mesma e depois da sua realização e período de recuperação.

Antes da cirurgia

O seu cirurgião plástico irá dar-lhe todas as instruções necessárias, bem como responder a quaisquer questões que tenha e também realizar alguns exames físicos e fazer-lhe a história clínica para determinar se é uma boa candidata à cirurgia que pretende.

Antes da cirurgia o cirurgião irá pedir-lhe para parar de fumar pelo menos duas semanas antes da cirurgia e evitar tomar aspirinas e certos anti-inflamatórios. Independentemente do tipo de cirurgia realizado, a hidratação é essencial, antes e depois da cirurgia, para uma recuperação rápida e segura.

A mamoplastia de aumento é normalmente realizada em ambulatório. Deve ter alguém que a leve de volta a casa depois da cirurgia e que fique consigo, pelo menos, na primeira noite.

No dia da cirurgia

A maioria das mamoplastias de aumento demoram entre uma e três horas.

Irá ser-lhe administrada medicação durante a cirurgia para seu conforto. Pode ser-lhe dada anestesia geral ou local com sedação intravenosa, dependendo das suas características individuais e das preferências do cirurgião.

Para sua segurança são utilizados vários monitores que irão medir constantemente o seu ritmo cardíaco, a pressão arterial, a pulsação e os níveis de oxigénio no sangue.

Imediatamente antes da cirurgia o seu médico irá rever consigo os planos para a cirurgia para garantir que as suas dúvidas são todas esclarecidas.

Após o procedimento, será levada para uma sala de recobro onde continuará a ser monitorizada de perto pela equipa médica.

Depois da colocação dos implantes o cirurgião irá usar suturas para fechar as incisões. Irá de seguida ser-lhe colocado um soutien de compressão para dar apoio e ajudar na recuperação. Por vezes são utilizados drenos durante algumas horas após a cirurgia.

Poderá ir para casa depois de um pequeno período de observação e assim que o médico a considerar apta.

Depois da cirurgia

O cirurgião irá dizer-lhe quanto tempo deve esperar até voltar às suas rotinas diárias.

Irá receber instruções detalhadas sobre os cuidados que deve ter após a cirurgia, incluindo informação sobre:

  • Drenos, caso ainda os tenha colocados
  • Sintomas comuns que podem surgir
  • Indícios potenciais de complicações

A mamoplastia de aumento estica o tecido mamário e pode ser dolorosa, especialmente quando os implantes são colocados por baixo do músculo. Normalmente, o período de maiores dores é nas primeiras 48 horas após a cirurgia. O nível de dor irá diminuir gradualmente ao longo dos dias e pode ser controlado com medicações que o médico lhe irá receitar.

Pode sentir o peito apertado e sensível ao toque e na sua pele pode sentir calor ou com comichão.

É normal que tenha, inicialmente, dificuldade em levantar os braços.

Irá notar alguma vermelhidão e algum inchaço, mas estes desaparecerão rapidamente e deverá notar grandes melhorias até um mês depois da cirurgia.

Quando o efeito da anestesia passar, é provável que sinta algumas dores. Se estas dores forem insuportáveis, ou constantes, fale com o seu cirurgião.

Recuperação

Deverá poder andar sem qualquer tipo de ajuda imediatamente após a cirurgia. É muito importante que ande alguns minutos ao longo do dia para reduzir o risco de formação de coágulos nas pernas.

É essencial que siga todas as instruções dadas pelo cirurgião para que a sua recuperação seja rápida e plena. Isto inclui informação sobre o vestuário de compressão, os cuidados a ter com os drenos, as medicações a tomar e o tipo de atividades que é seguro realizar. O seu cirurgião também lhe irá dar informações detalhadas sobre sintomas comuns que podem surgir e quaisquer sinais de potenciais complicações.

É importante que compreenda que o tempo que demora a recuperação total pode variar muito de paciente para paciente.

A primeira semana

Nestes primeiros dias pode sentir alguma rigidez e sensibilidade na área do peito.

Ser-lhe-á possível tomar banho um a cinco dias depois da cirurgia. Pergunte ao seu cirurgião qual será o dia mais indicado.

Caso tenha suturas externas, estas serão removidas em cerca de uma semana. Se o seu cirurgião utilizar suturas internas ou cola, estas irão sair por si no espaço de uma a duas semanas.

Poderá voltar ao trabalho alguns dias depois da cirurgia, dependendo da atividade que exerça. Deve evitar levantar, empurrar ou puxar o que quer que seja pesado ou lhe cause dor e limitar atividades extenuantes ou movimentos bruscos que lhe causem desconforto.

Duas a seis semanas depois

Deve minimizar atividades físicas excessivas durante, pelo menos, as primeiras duas semanas após a cirurgia. Depois disso seja extremamente cuidadosa com as suas mamas durante, pelo menos, o primeiro mês.

A longo prazo

O seu cirurgião plástico irá aconselhá-la também a realizar ecoarias ou mamografias de rotina com a frequência recomendada para o seu grupo etário. e deve fazer auto-exame da mama regularmente.

Para sua segurança, bem como para manter os melhores e mais saudáveis resultados, é importante que faça consultas de seguimento.

O seu cirurgião irá indicar-lhe a regularidade com que deve voltar ao consultório para uma avaliação.

Sempre que notar alguma alteração nas suas mamas ou sempre que tiver dúvidas ou questões não hesite em entrar em contacto.

A realização de qualquer tipo de cirurgia estética deve ser efectuada por um especialista cirurgião plástico e estético reconhecido, com alguns anos de prática, membro da Sociedade de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética e da Ordem dos Médicos do  respectivo país, pois, tal como é de conhecimento geral, na actualidade, infelizmente, existem médicos gerais, médicos “estéticos”, médicos especialistas de outros áreas como ginecologistas, cirurgiões gerais, otorrinolaringologistas e outros que se aventuram no mundo das cirurgias plásticas e estéticas.

Não fique com dúvidas e antes de se decidir em fazer qualquer cirurgia estética poderá consultar o site da Ordem dos Médicos  e da Sociedade Portuguesa de Cirurgia Plástica, Reconstrutiva e Estética e verificar se o médico que escolheu tem as competências adequadas.

Mas onde posso fazer um aumento mamário? Basta deslocar-se à Clínica Faccia em Lisboa, ou ligar para o número de telefone 213 714 116. Para mais informações sobre aumento mamário visite o nosso site www.faccia.pt.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *